Válvulas Solenoides

Válvulas Solenoides
5 de dezembro de 2019 airpress

válvula solenóideCom este nome devido ao seu componente principal, composto de uma bobina elétrica com núcleo ferromagnético móvel no centro (êmbolo), as válvulas solenoides são válvulas eletromecânicas controladas. Acompanhe nosso artigo e entenda as diferentes utilidades e tipos de válvulas solenoides.

Quando em repouso, o êmbolo bloqueia o orifício da válvula no qual é possível circular um fluído qualquer. Quando uma corrente elétrica circula na bobina, cria um campo magnético que exerce força sobre o êmbolo, o que resulta neste sendo puxado em direção ao centro da bobina de modo que o orifício onde ele bloqueava anteriormente fique livre. Este é o princípio básico utilizado para abrir e fechar uma válvula solenoide.

Neste sentido, podemos dizer que a válvula solenoide é, basicamente, uma válvula eletromecânica que é capaz de controlar o fluxo de líquidos e gases.

Devido a sua habilidade de dosar, distribuir ou misturar o fluído podemos concluir que as válvulas solenoides são um dos componentes mais utilizados e que suas aplicações beiram o infinito. Desde sistemas de aquecimento, tecnologias de ar comprimido, automação industrial, máquinas de lavar roupa, ar condicionado, sistemas de irrigação, de refrigeração de equipamentos, equipamentos médicos e odontológicos, por aí vai.

Para atender a diferentes demandas com sua função de circuito, são produzidos diferentes tipos de válvulas solenoides. Por exemplo, uma válvula 2/2 tem duas portas, uma de entrada e outra de saída, e duas posições – aberta ou fechada. Além disso, elas podem ter um estado padrão “fechado” (fechado enquanto desenergizado) ou “aberto” (aberto enquanto desenergizado).

Assim, entende-se que a nomenclatura das válvulas solenoides contempla a quantidade de entradas no 1° número e as possibilidades de posições normais no 2° número. Desta forma, uma válvula 3/2 possuirá três portas, ou vias, e duas posições

O número de vias em relação ao seus usos são classificadas como:
– 2 vias: controle de fluído e automação pneumática;
– 3 vias: Convergência ou desvio de fluxos;
– 4 e 5 vias: Operação de cilindro e atuadores de dupla ação.

Por último, as válvulas também se diferem nos diferentes diâmetros e voltagens que possuem. Começando com 1/8” até 3” e voltagens de 12v, 24v, 110v e 220v com aplicações comuns ou à prova de explosões.

É importante lembrar que válvulas solenoides de uso direto também podem trabalhar sob um fluxo de alta pressão, essa resistência será diferente a depender do material de que é feita, o tamanho do orifício e sua potência.

Gostou da nossa matéria? Fique por dentro do nosso blog para aprender cada vez mais e aproveite para consultar o acervo em nosso site.
Aqui na Air Press trabalhamos com válvulas de altíssima qualidade da Airtac, com opções de válvulas duplas 5/2 vias, simples ou não, e 3/2 vias – simples. Venha nos conhecer e conte com um atendimento exclusivo para as suas necessidades!

Fale com um atendente via WhatsApp
Selecione um Contato